Você está aqui: Página Inicial » Gramática » Sintaxe » Disposição do sujeito na oração

Sintaxe

Texto:
por: Luciana Kuchenbecker Araújo

Disposição do sujeito na oração


A disposição do sujeito determina a ordem dos elementos essenciais da oração, a qual pode ser direta ou indireta.





A disposição do sujeito determina a ordem dos elementos essenciais da oração, a qual pode ser direta ou indireta
A disposição do sujeito determina a ordem dos elementos essenciais da oração, a qual pode ser direta ou indireta



A oração é um enunciado linguístico cuja estrutura caracteriza-se pela presença de um predicado, o qual é introduzido na Língua Portuguesa por um verbo. Geralmente, a oração apresenta um sujeito, o qual, juntamente ao predicado, forma os termos essenciais da oração.

Sujeito

O sujeito é o termo ao qual o verbo e o restante da oração referem-se.

Observe os exemplos:

  • As carteiras estão cada vez mais caras.
        Sujeito

Predicado

O predicado informa as ações (verbos) pelas quais passam os sujeitos.

Observe os exemplos:

  • As carteiras estão cada vez mais caras.
                                   Predicado

Disposição do Sujeito na Oração

Dependendo da intencionalidade discursiva do falante/escritor, a ordem dos termos essenciais da oração pode ser alterada. Isso significa que, caso o falante/leitor deseje evidenciar mais o sujeito do que a ação realizada, ele traz o sujeito para o início da oração para que ele ganhe maior destaque do que a ação realizada (predicado). Caso ele queira evidenciar mais a ação do que o sujeito, o falante/escritor traz para o início da oração o predicado, evidenciando-o e, em seguida, insere o sujeito.

Para que haja esse intercâmbio entre as palavras dentro de um contexto oracional, é preciso, antes de tudo, que elas estejam dispostas de forma adequada para gerar efeitos de sentido. Dependendo da posição de seus termos, a oração pode estar na:

Ordem Direta

Na ordem direta, o sujeito é disposto na oração antes do predicado.

Observe os exemplos:

  • As mães preocupam-se muito com os filhos.
      Sujeito                  Predicado

  • Os perfumes me dão alergias no pescoço.
         Sujeito                    Predicado

  • Os bebês adoram tomar banho e ouvir músicas de ninar.
      Sujeito                             Predicado

Ordem inversa

Na ordem inversa, o sujeito é disposto depois do predicado.

Observe os exemplos:

  • Arrombaram a janela com a maior facilidade os bandidos.
                               Predicado                                    Sujeito

  • Pediram desculpas os alunos do terceiro ano.
            Predicado                      Sujeito

  • Precisam ser pintadas essas paredes.
             Predicado                   Sujeito

Sujeito no meio do Predicado

Os sujeitos no meio do predicado também se configuram como sendo uma ordem invertida. Como o próprio nome diz, nessa inversão, o sujeito aparece entre os termos do predicado.

Observe os exemplos:

  • Apavorados, os passageiros desceram do avião.
                              Sujeito

  • Despreocupados, os alunos fizeram a prova de recuperação.
                                 Sujeito

Viu como a ordem dos elementos essenciais pode ou não evidenciá-los na oração? Continue seguindo nossas dicas e bons estudos!