Você está aqui: Página Inicial » Gramática » Semântica » O vocábulo jeito - ajeitando-se à polissemia

Semântica

Texto:
por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

O vocábulo jeito - ajeitando-se à polissemia


O vocábulo jeito pode apresentar, dependendo do contexto no qual está inserido, distintos significados.







Infere-se por meio do presente título que se trata de um assunto cuja ideia se refere ao fato de um mesmo termo assumir acepções semânticas distintas, razão de ele realmente se ajeitar à polissemia. Esta, quando retratada, nos condiciona à noção de quão tamanha é a flexibilidade da qual se perfaz o nosso idioma, partindo do pressuposto de que se tomarmos como ponto de partida a palavra em questão, compartilharíamos das seguintes possibilidades:

Podemos constatar que a partir de um simples radical, ora expresso por “jeit-”, ressurgiram novas palavras e, sobretudo, foi possível que a partir destas formássemos múltiplos enunciados linguísticos, face às inúmeras finalidades discursivas pretendidas pelo anunciador.

Contudo, digamos que tais elucidações serviram-nos apenas como marco introdutório, pois pretendemos enveredar-nos em busca de mais descobertas acerca das peculiaridades as quais se “ajeitam” a este “jeito”.

E por assim ajeitá-lo, começaremos enfatizar a partir de suas raízes, sendo que este, assim como tantas outras palavras, originou-se do latim jactus, cuja significância se atém à ação de lançar, atirar, arremessar, repassando seu legado para a língua portuguesa que, a partir de uma nova performance, revelou-se como “jacto” e “jato” – retratando, respectivamente, algo instantâneo, realizado de uma só vez. Resultando daí “o avião a jato”, “o jato d’água”, dentre tantos outros.

Avancemos, pois, rumo ao caráter dinâmico que hoje se atribui a este item lexical que, mediante sua materialização, encontra-se envolto por uma multiplicidade de acepções semânticas, assim evidenciadas:

Pedro, preciso que você dê um jeito no seu quarto.
Atendo-nos ao contexto em que se encontra inserido, o termo em questão retrata a ideia de arrumar, colocar em ordem.

Não se preocupe, vou dar um “jeitinho” de conseguir os ingressos para o show de logo mais.
Aqui, defrontamo-nos com a noção de intervir, tentando obter algo.

Não é que estes artistas mirins levam jeito para a música?
Algo nos revela que o sentido refere-se à habilidade, dom para desempenhar uma atividade específica.

Fale com jeito, pois pode ferir os sentimentos alheios.
Tenha carinho, fale com cautela.

Enfim, várias são as circunstâncias discursivas, como também vários são os significados adquiridos por uma mesma palavra. Polissêmico isso, não?





Artigos Relacionados