Você está aqui: Página Inicial » Gramática » Semântica » Sessão, seção ou cessão?

Semântica

Texto:
por: Mariana Rigonatto

Sessão, seção ou cessão?


Em língua portuguesa, as palavras que possuem o mesmo som, mas têm escrita e uso diferentes são chamadas de homófonas heterográficas. Esse é o caso de sessão, seção e cessão.





As palavras sessão, seção e cessão são homófonas heterográficas
As palavras sessão, seção e cessão são homófonas heterográficas



Observe as seguintes frases:

1. A sessão de estreia será na próxima semana.
2.Aquela seção destina-se aos arquivos do ano passado.
3.A cessão dos diretos autorais foi feita ao site.

Como é possível notar, apesar de as palavras em destaque nas frases terem o mesmo som, elas possuem a escrita e o sentido diferentes entre si. Essas palavras são chamadas de homófonas heterográficas. Assim, em 1, a palavra sessão faz referência a um período de tempo em que se realizará determinado evento, no caso, a estreia. Já em 2, a palavra seção refere-se a uma espaço destinado a determinado arquivo. E finalmente em 3, a palavra cessão é usada no sentido de ceder algo, no caso, os direitos autorais. Essas são as diferenças fundamentais entre essas palavras.

Agora, vamos analisá-las separadamente:

  • Sessão – escrita desse modo, possui o significado de reunião, encontro, espaço de tempo.

Exemplos:

Esta sessão decidirá com quem ficará a guarda das crianças.

Os ingresso para a sessão de estreia já estão disponíveis.

A sessão com o psicólogo durou uma hora.

  • Seção escrita desse modo, significa parte, divisão, departamento.

Exemplos:

A seção de trocas fica no final do corredor.

A seção onde trabalho é muito requisitada.

As roupas femininas ficam naquela seção.

  • Cessão – escrita desse modo, significa ceder, ou seja, ato ou efeito de repartir.

Exemplos:

O juiz determinou a cessão da herança.

Foi determinada a cessão das cadeiras para a ONG.

O governo autorizou a cessão de livros para as escolas.