Você está aqui: Página Inicial » Gramática » Morfologia » Colocação dos advérbios

Morfologia

Texto:
por: Mariana Rigonatto

Colocação dos advérbios


Os advérbios podem ser colocados em diferentes locais na oração, dependendo do termo que modificam.





Nesse tipo de oração, o advérbio é posicionado sempre depois do verbo que é modificado
Nesse tipo de oração, o advérbio é posicionado sempre depois do verbo que é modificado



Analisando os advérbios em destaque nas orações abaixo:

(1) Meio envergonhados, entraram na sala do diretor.

(2) Maria entrou discretamente na sala do diretor.

Nota-se que, em cada caso, as palavras modificadas pertencem a classes gramaticais diferentes. Em (1), o advérbio modifica um adjetivo e, em (2), ele modifica um verbo. Além disso, percebemos que a posição desses advérbios também é diferente: em (1), ele antecede o termo modificado e, em (2), está posposto ao vocábulo modificado. Essa variação é explicada pela gramática normativa e ocorre nos seguintes casos:

a) Quando os advérbios modificam um adjetivo, um particípio isolado ou um outro advérbio, aparecem, geralmente, antes deles.

Exemplos:

Procurava pelo vestido mais cintilante.

A banda toca muito bem.

O carro ficou muito amassado na batida

b) Quando os advérbios modificam verbos, ocupam posições diversas de acordo com a classificação que recebem. Assim:

  • Os advérbios de modo aparecem normalmente depois do verbo.

Exemplo:

Retirou-se apressadamente.

  • Os advérbios de tempo e de lugar podem aparecer antes ou depois do verbo.

Exemplos:

Estudamos aqui.

Aqui moravam meus avós.

Jamais parou de estudar.

  • Os advérbios de negação aparecem sempre antes do verbo.

Exemplo:

Não conseguiremos pegar o voo.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto: