Você está aqui: Página Inicial » Redação » Elementos da Comunicação » Diferença entre anáfora e catáfora

Elementos da Comunicação

Texto:
por: Mariana Rigonatto

Diferença entre anáfora e catáfora


Anáfora e catáfora são antecipações ou retomadas de termo presente ou não no texto. A diferença entre esses mecanismos depende da posição ocupada em relação ao item referido.





Anáfora e catáfora são cadeias de referência
Anáfora e catáfora são cadeias de referência



Observe as frases:

1 – O carro que comprei é automático.

2 – A mãe olhou-o e disse: - Meu filho, estás com um olhar cansado.

É possível notar que os termos destacados nas frases fazem referência a outras expressões que aparecem antes ou depois deles, não é mesmo? Em 1, o pronome relativoque” retoma o substantivocarro que o antecede. Já em 2, o pronome oblíquoo” apresenta o referente que só aparecerá na sequência do enunciado.

Esse tipo de mecanismo linguístico é chamado de coesão referencial e, dependendo da posição do termo a que faz referência, pode ser classificada em anáfora ou catáfora.

Anáfora

É um mecanismo linguístico por meio do qual um termo recupera um outro termo que o antecedeu no texto.

Exemplos:

  • Mariana comprou um novo carro. O veículo é o laçamento do ano.

Perceba a retomada do substantivo “carro” por outro substantivo, “veículo”.

  • O doutor está de férias. Ele só retornará aos atendimentos no próximo mês.

Nesse exemplo, houve a retomada do substantivo “doutor” pelo pronome “ele”.

Catáfora

É um mecanismo linguístico no qual o referente aparece depois do item coesivo.

Exemplos:

  • Só desejamos isto: férias!

Perceba que o pronome demonstrativo “isto antecede o referente “férias”, que aparece logo depois.

  • Pedro comprou vários ingredientes: açúcar, farinha, ovos, chocolate em pó e leite.

Note que a expressão “vários ingredientes” antecede o referente que apresenta quais itens Pedro comprou: “açúcar, farinha, ovos, chocolate em pó e leite.”

Veja a abordagem desse conteúdo em uma questão da Uerj:

Observe as formas sublinhadas em:

“Morava então (1893) em uma casa de pensão no Catete. Já por esse tempo este gênero de residência florescia no Rio de Janeiro. Aquela era pequena e tranquila.” (l. 11-14)

Esse, este e aquela são formas empregadas como recursos de coesão textual. Indique a classe gramatical a que pertencem essas palavras e justifique a escolha de cada uma no trecho de acordo com a respectiva função textual.

Resposta:

As palavras em destaque (esse, este, aquela) são pronomes demonstrativos e são utilizados para fazer referência a algum termo que já foi dito no texto (anáfora) ou que ainda será apresentado (catáfora). Assim, o pronome esse refere-se ao ano de 1983; o pronome este refere-se ao gênero de residência; e o pronome aquela refere-se à casa de pensão no Catete.

Interessante notar também, nessa questão da Uerj, a noção de proximidade entre os pronomes e os seus respectivos referentes justificando o uso específico de cada. Porém, isso é assunto para um outro texto. Bons estudos e até a próxima!